Please enter your username and email address. Get new password
Register Now
x

Josh fala sobre as b-sides de I’m With You (Julho 2012)

00

Texto original por: PATRICK FLANARY do site Rolling Stone.com

JULY 12, 2012

Quase 1 ano após o lançamento do álbum “I’m With You”, o primeiro com o guitarrista Josh Klinghoffer, os Red Hot Chili Peppers irá lançar 17 novas músicas nos próximos meses, em formato digital e em vinil de 7 polegadas.

Começando em agosto, a banda irá lançar 2 músicas por vez em 9 vinis com rotação de 45 rpm, com uma exceção: uma música com duração de 8 minutos gravada em apenas um take no estúdio, que irá ocupar os dois lados do vinil, como Klinghoffer disse a Rolling Stone na passagem da banda pela cidade de Berna, na Suíça.

“Nós vamos ter que fazer esse truque antigo, onde ela desaparece e aparece de volta no lado B”, ele diz sobre “In Love, Dying”

Em junho, a gravadora anunciou somente seis títulos das músicas: “Strange Man” e “Long Progression” (lançamento dia 14 de agosto), “Magpies” e “Victorian Machinery” (11 de setembro), e “Never is a Long Time” e “Love of Your Life” (2 de outubro).

“Sempre tivemos consideração por essas músicas e sempre tivemos a intenção de lançá-las, de um jeito ou de outro”, Klinghoffer diz. “Tudo foi feito para o melhor. Para ser honesto, tem algumas músicas, que quando estávamos fazendo a sequência para o álbum, eu disse: “Hummm, não vamos colocar essa?”

Uma dessas é “Long Progression”, que estará no primeiro vinil (ela foi trocada por “Goodbye Hooray” no último minuto). Outra que foi cortada, “Victorian Machinery”, parece com um  “monstro de três cabeças tocando bateria”, diz Klinghoffer, que também afirma que a banda capturou “uma magia absoluta” com “Never Is a Long Time”, um “pop fantástico” que conta com Greg Kurstin no piano.

“É um daqueles casos onde existem muitas músicas boas para colocar em um álbum”, diz Kurstin, que também participou do álbum de 1999, Californication. “Eles tem uma coesão no estúdio, quando eles conseguem aquele take, é esse take que eles vão usar”.

Após se juntar à banda em julho de 2009, Klinghoffer escreveu e praticou com o frontman Anthony Kiedis, o baixista Flea e o baterista Chad Smith por quase 1 ano antes de começarem a gravar algum material, entre setembro de 2010 e fevereiro do ano seguinte. Ao invés de lançarem tudo como um álbum duplo, como fizeram com o álbum anterior, o Stadium Arcadium (2006), a banda preservou os melhores takes para esta coleção.

“É difícil, mas usamos um processo democrático e as músicas com a maioria dos votos geralmente são as principais do álbum”, o produtor Rick Rubin disse via email. “Não posso dizer que sempre acontece isso, algumas das minhas favoritas as vezes não entram. Posso garantir que todos na banda vão dizer a mesma coisa”.

Klinghoffer diz que as outras músicas das sessões do álbum “I’m With You”, – eles gravaram 48 -, podem eventualmente ver a luz do dia. “É possível”, ele diz.

“Nós temos tanto material, que algumas coisas não receberam atenção o suficiente. Algumas provavelmente só ficarão em nosso iPods”.

Enquanto isso, embora Klinghoffer disse que eles não escreveram nenhuma música oficial na estrada, ele diz que a banda fez algumas demos durante a recuperação de uma cirurgia que Kiedis fez no pé, que adiou a turnê por dois meses no começo desse ano.

A coleção de b-sides irá coincidir com o lançamento do novo álbum do ex guitarrista dos Chili Peppers, John Frusciante. O seu EP, Letur-Lefr, será lançado no dia 17 de julho. E o álbum, PBX Funiculr Intaglio Zone, será lançado no dia 25 de setembro.

Confira abaixo uma prévia da arte das capas de 2 dos 9 vinis. Os nove juntos irão formar um quebra-cabeça projetado pelo artista Kelsey Brookes.

Tradução: RHCP BR

0 thoughts on “Josh fala sobre as b-sides de I’m With You (Julho 2012)”

Leave a Reply